Sunday, March 22, 2009


Mais um caso de violência doméstica

Friday, March 20, 2009

Monday, March 16, 2009

Tu tu tu, tu tu tu,....di turista!

Acontece...

ISTO...são as pessoas, que devem tar DROgaaaadas...

Sunday, March 8, 2009

Friday, February 20, 2009

Monday, February 16, 2009

Saturday, February 14, 2009

Las Supremas De Móstoles - Eres un enfermo (del cibersexo)



Am
F
UN FIN DE SEMANA EN EL CORTE INGLES
E Am
TU ME CONVENCISTE PA' COMPRARTE EL INTERNET
Am F
MALDITO MOMENTO QUE FUE MI PERDICIÓN
E Am
PUES DESDE ESE DÍA NO HACEMOS EL AMOR
Dm Am
TU YA NO ME MIRAS YO YA NO TE IMPORTO
E Am
Y SI ME INSINUO TU ME DICES QUE PA' QUÉ
Dm Am
QUE CON ESOS CUERPOS Y LO POCO QUE GASTAS
E Am
ME SALEN MAS BARATAS LAS MUJERES DEL PC
Dm Am
Y QUE TU PREFIERES PASARTE TODO EL DIA
E
PEGADO A LA PANTALLA...


ESTRIBILLO
Am
ERES UN ENFERMO, ERES UN ENFERMO,
F E
ERES UN ENFERMO DEL CIBERSEXO
Am
ME PONES LOS CUERNOS, ME PONES LOS CUERNOS
F E
UVE DOBLE UVE TIAS BUENAS PUNTO COM
Dm Am
MIRA VIDA MIA ESTO ES UN INFIERNO
E Am
MIRA VIDA MIA QUIERO LA SEPARACIÓN
Am
ERES UN ENFERMO, ERES UN ENFERMO,
F E
ERES UN ENFERMO DEL CIBERSEXO
Am
ME PONES LOS CUERNOS, ME PONES LOS CUERNOS
F Am
CON EL DISCO DURO, LA PANTALLA Y EL RATÓN
Dm Am
MIRA VIDA MIA ESTO ES UN INFIERNO,
E Am
MIRA VIDA MIA DAME LA SEPARACIÓN


Am F
UNA NOCHE DE ESTAS QUE NO PUDE DORMIR
E Am
ESCUCHÉ UNOS RUIDOS MUY EXTRAÑOS PARA MI
Am F
ERA MI MARIDO HACIENDOLE EL AMOR
E Am
A UNA TAL PAMELA DENTRO DEL ORDENADOR
Dm Am
TU YA NO ME QUIERES, YO YA NO TE HAGO FALTA
E Am
QUE EL AMOR INTERNAUTA ES UN VENENO SIN IGUAL
Dm Am
Y SI ME PONGO SEXY ME DICES A LA CARA
E Am
QUE LA TARIFA PLANA TE COMPENSA MUCHO MÁS
Dm Am
PERO UNO DE ESTOS DIAS QUE ME PILLE DE MALAS
E
TE TRAGAS LA PANTALLA...

Am
ERES UN ENFERMO, ERES UN ENFERMO,
F E
ERES UN ENFERMO DEL CIBERSEXO
Am
ME PONES LOS CUERNOS, ME PONES LOS CUERNOS
F E
UVE DOBLE UVE TIAS BUENAS PUNTO COM
Dm Am
MIRA VIDA MIA ESTO ES UN INFIERNO
E Am
MIRA VIDA MIA QUIERO LA SEPARACIÓN
Am
ERES UN ENFERMO, ERES UN ENFERMO,
F E
ERES UN ENFERMO DEL CIBERSEXO
Am
ME PONES LOS CUERNOS, ME PONES LOS CUERNOS
F Am
CON EL DISCO DURO, LA PANTALLA Y EL RATÓN
Dm Am
MIRA VIDA MIA ESTO ES UN INFIERNO,
E Am
MIRA VIDA MIA DAME LA SEPARACIÓN

Friday, February 6, 2009

Saturday, January 31, 2009

Sunday, January 25, 2009

who is?

esta Lisboa que eu Amo...


No castelo, ponho um cotovelo
Em Alfama, descanso o olhar
E assim desfaz-se o novelo
De azul e mar
À ribeira encosto a cabeça
A almofada, na cama do Tejo
Com lençóis bordados à pressa
Na cambraia de um beijo

Lisboa menina e moça, menina
Da luz que meus olhos vêem tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura
Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

No terreiro eu passo por ti
Mas da graça eu vejo-te nua
Quando um pombo te olha, sorri
És mulher da rua
E no bairro mais alto do sonho
Ponho o fado que soube inventar
Aguardente de vida e medronho
Que me faz cantar

Lisboa menina e moça, menina
Da luz que meus olhos vêem tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura
Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

Lisboa no meu amor, deitada
Cidade por minhas mãos despida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

Wednesday, January 21, 2009

CASAI COM AS MOURAS

Pensei duas vezes antes de escrever sobre o cardeal Policarpo; pensei muito seriamente, consciente de que me vou meter num monte de sarilhos que nem Alá sabe onde acabarão. Mas aqui estou, ao altar da asneira.

Gosto muito do Dom Policarpo, que fuma e faz Bem e diz o que lhe vai na santa cabeça. Disse o que qualquer pai diria. Pedir que se pense duas vezes não é proibir. Acho mesmo que foi consensual no que toca às religiões monoteístas. Nenhum imã ou rabino o contradiria nisso de pensar duas vezes. Ou seja: "Vê lá se o amas o suficiente para conseguires aturar as pancadas religiosas da família dele."

O que me intrigou foi o Dom Policarpo ter-se dirigido só às raparigas. Então e nós, os moços? Quer ele dizer que, devido ao (digamos assim) carácter pró-masculino do Islão, as noivas muçulmanas são outra história? Serão dóceis e submissas como as nossas se recusam a ser?

Será que, apesar destas Fátimas não nos esperarem à porta de casa com um Dry Martini na mão (como se calhar também não espera a Campos Ferreira), as outras inconfessáveis qualidades das moças muçulmanas (não nos porem os cornos, não exporem o pernil em público, poder divorciá-las num minuto) fazem com que valha a pena aprender a amar o chá açucarado de menta acima do gin?

Parece que sim. A misoginia, por muito bem ou mal disfarçada, não é bem um exclusivo do Islão.


Miguel Esteves Cardoso, in Público, 16 de Janeiro de 2009

daqui http://bluetisthelifeofwaters.blogspot.com/

Wednesday, December 17, 2008

Thursday, December 11, 2008

Lisa Mitchell - Neopolitan Dreams

You'll go n I’ll be okay,
I can dream the rest away
Its just a little touch of fate, it will be okay
It sure takes its precious time, but it’s got rights and so have I

I turn my head up to the sky
I focus one thought at a time
I do not let the little thieves under my tightly buttoned sleeves
You couldn’t be alone, the time I feel like I am walking blind
I have no where I’ll have time

There are no legible signs

I like the way that you talk,
I like the way that you walk.
It’s hard to recreate such an individual game

You wait you turn in the queue,
You say your sorries and thank you’s
I don’t think you’re ever
A hundred percent in the room

You’re not in the room

Deepest, of the dark nights
here lies, the highest of highs
Neopolitan Dreams, stretching out to the sea

You wait you turn in the queue,
You say your sorries and thank yous
I don’t think you’re ever
A hundred percent in the room

You’re not in the room

Tuesday, December 9, 2008

Let me smell yo dick!



Nigga this the fifth teeth muthafuckin time that i called and left yo ass messages
I dun text yo bitch ass and you aint responded or nothing
What in the fuck is you doin who tha fuck you out there with you think I’m stupid my gurl dun already put my up on yo ass tonight night nigga when you get home I got som news foe yo bitch ass

(Chorus 2tyms)
Why you coming home five in the mone(mornin')
Somethings going on can i smell yo dick??
Don’t play me like a fool cause dat ain’t cool
So what you need to do is let me smell yo dick

(Hook 1)
Its four o'clock and I’m sleepin' and its late night and you creeping you could've told me I'm leavin' now I know you out there cheatin' why you got to do me like dat when I call you don’t call me back I’m texting you now nigga where you at that’s fucked up why you do me like dat

(Verse 1)
I’m dead sleep and you trickin'
In the club wit dirty foot bitches
My gurl was there she witness
She had a camera phone she took pictures
You was on the dance flo grindin'
With a stripper hoe named Diamond
You was flossin' hard you was shinning
Everything she drink you was buyin' it
Fuck nigga you need to stop lien' foe I get mad and pull out my nine
You want a new bitch to fuck that’s fine but don’t fuck hers and try to fuck mines
You keep tellin me you ain’t touch her but some keep tellin me you dun fucked her and I ain’t that bitch you want to play wit nigga drop them boxers and let me smell yo dick

(Chours 2tyms)
Why you coming home five in the mone(mornin')
Somethings going on can I smell yo dick??
Don’t play me like a fool cause dat ain’t cool
So what you need to do is let me smell yo dick

(Unknown)
Smell my dick wait a minute hold up see that’s how a bitch get her eyes swoll up and I don’t give a damn what yo homegurls seen when I was in the club what the fuck you mean they ain’t got no business eyein' me like dat
You ain’t got no business tryin' me like dat
I wun even feelin' Diamond like dat I was wildin' but I wasn't clowin' like dat
Dat’s alright dat’s okay gon head believe what yo homegurl say a nigga like me drink a lot of liquor meet a lot of bitchs take a lot of pictures
I might break bread wit one or two strippers but that don’t mean you got to pull my zipper
They think now think the whole town even doe I got dick to go around

(Chorus 2tyms)
Why you coming home five in the mone
Somethings going on can I smell yo dick??
Don’t play me like a fool cause dat ain’t cool
So what you need to do is let me smell yo dick.

Thursday, November 27, 2008

Sunday, October 5, 2008

"Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive."

Sunday, September 7, 2008

Friday, August 29, 2008

Do demasiado tempo disponível...

Se este homem ganha as eleições



até a Barraca Abana!!!


(Perdoem-me o mau gosto mas apetecia-me muito fazer esta piadola e aqui nos states ninguém a entenderia...)

Wednesday, August 27, 2008

Wednesday, August 20, 2008

Para o Henrique



"Um dia a maioria de nós irá separar-se. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos.

Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim... do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida.

Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe...nas cartas que trocaremos.

Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices...

Aí, os dias vão passar, meses...anos... até este contacto se tornar cada vez mais raro.

Vamo-nos perder no tempo.... Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias perguntarão: "Quem são aquelas pessoas? "Diremos...que eram nossos amigos e...... isso vaidoer tanto!" Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!"

A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente......

Quando o nosso grupo estiver incompleto...reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo.

E, entre lágrimas abraçar-nos-emos.

Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Porfim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida, isolada do passado.
E perder-nos-emos no tempo.....

Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades....

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!" Fernando Pessoa

Monday, July 7, 2008

Tuesday, July 1, 2008

"Ódios viscerais

Há pessoas assim, a quem eu gostaria de pegar pelos cabelitos e encher de estalos até os dedos me sangrarem. É gente que me causa daquela ira tão aguda que até faz doer o estômago. Gente que sempre que aparece à frente me faz largar a gritar em falsete, tamanha a indignação que me provoca. Ora bem, uma destas pessoas é o Daniel Oliveira. Se calhar pelo nome ninguém vai lá, é normal, por isso segue a foto, para que não haja equívocos.

Ora bem, e porque é que o Daniel Oliveira me mexe com os nervos? Os motivos são tantos que davam para escrever uma tese de mestrado sobre isso mas, com a graça que Deus me deu, vou ser sucinta.

1. Odeio o Daniel Oliveira porque tem aquela veia de pobrezinho-mas-muito-humilde-e-limpinho, e "ai, que tenho uma mãe drogada, mas eu sou diferente, não quero pagar pelos erros dos meus pais, dêem-me lá uma oportunidade, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, que sou tão honesto, eu só preciso é duma oportunidade, prometo ser mais fiel que um cão, juro que fico num cantinho e não incomodo ninguém, até me podem pôr a lavar o chão com uma escova de dentes, eu quero é uma oportunidade, já disse que tenho uma mãe drogada mas que eu estou limpo, nunca toquei em nada??". Diz que o rapaz se plantou diariamente à porta da RTP e q não saiu de lá enquanto não o atenderam. Não é perseverante, é só chato.

2. Odeio o Daniel Oliveira porque usa camisas de manga curta aos quadrados, e tem ar de choné.

3. Odeio o Daniel Oliveira porque é o pior jornalista de todos os tempos, o mais básico e o mais previsível, e gostava muito de saber que raio viram nele para acharem que o desgraçado podia conduzir entrevistas nas quais faz perguntas tão brilhantes como "teve um filho... foi uma emoção?", ou "sentiu uma grande tristeza quando o seu pai morreu?", ou "praia ou campo?".

4. Odeio o Daniel Oliveira porque é a mente que delineou esse programa tão fantástico que dá pelo nome de Fama Show, em que cinco meninas se acotovelam para mostrar quem tem as mamas maiores e consegue dizer mais asneiras.

5. Odeio o Daniel Oliveira porque tem aquela obsessão com a selecção nacional, e eu gostava muito que alguém lhe dissesse "não, Daniel, tu não tens qualquer parentesco com o Cristiano Ronaldo, vocês não são nada um ao outro, pára de fingir que ele é o teu melhor amigo". É que não há uma vez em que ele não apareça com mais um programa especial sobre a selecção (já deve ter feito uns 36) que eu não fique com a sensação que os gajos o devem achar um totó de primeira. Até lhe devem dar calduços quando a câmara se desliga e comentar uns com os outros "foda-se, já não há cu para este gajo, quando é que começam a mandar para cá jornalistas boazonas prá gente engatar?"

6. Odeio o Daniel Oliveira porque é um sonso de primeira. Toda a gente que o conhece pessoalmente diz que é execrável e má pessoa, o que contrasta com o ar de cachorro abandonado e espancado e muito sofrido que faz sempre questão de pôr assim que entra no ar.

7. Odeio o Daniel Oliveira porque tenho a leve sensação que não está onde está por mérito próprio, mas sim porque deve saber segredos daqueles mesmo muito obscuros sobre a malta que tem poder na televisão."

http://apipocamaisdoce.blogspot.com/

Thursday, June 26, 2008

Thursday, June 19, 2008

Friday, June 13, 2008

Reggaeton Fuckin' rules!!!


Soy igual que tu, me rompiste el corazon me hiciste infiel
no te hagas tonta lo hiciste ayer,
Como tu llorastes yo tambien llore, no te sorprendas,
Soy igual que tu…

Sunday, June 8, 2008

the story



All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true... I was made for you
I climbed across the mountain tops
Swam all across the ocean blue
I crossed all the lines and I broke all the rules
But baby I broke them all for you
Oh because even when I was flat broke
You made me feel like a million bucks
You do and I was made for you
You see the smile that's on my mouth
It's hiding the words that don't come out
And all of my friends who think that I'm blessed
They don't know my head is a mess
No, they don't know who I really am
And they don't know what I've been through like you do
And I was made for you.
All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you
Ohh yea it's true... that I was made for you.

Wednesday, June 4, 2008